terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Chega uma hora em nossas vidas que certas coisas mudam de intensidade.
Um tombo,por exemplo.
Quando você é uma criança,um tombo não faz muita diferença.Você cai,chora um pouco,sua mãe da um beijinho e diz que vai passar e pronto.Lá está você,em pé novamente.
Mas quando você cresce,um tombo deixa de ser apenas físico.
As cicatrizes agora são visíveis apenas para você.E ficar em pé não é tão fácil quanto antigamente.
Até que chega uma hora que você se cansa de cair e decidi ficar sentada no chão.
Sem previsão para levantar.

Um comentário:

Rah disse...

Mas é preciso acreditar em sí mesma e levantar, sair andando com o cadarço desamarrado sem ter medo de cair outra vez - calos pra que te quero!